24 de maio - 2021

Pedagogia da autonomia: Melhore o desenvolvimento dos alunos ao longo das séries

A pedagogia da autonomia é muito debatida no meio educacional. Criada pelo educador e filósofo Paulo Freire em sua última obra publicada em vida, a pedagogia da autonomia aborda a importância de olharmos para a criança como um indivíduo capaz de desempenhar papéis de forma autônoma. A busca por atividades empíricas, liberdade de expressão e consciência crítica a respeito dos conhecimentos estudados faz parte deste conceito.

Para Paulo Freire, os alunos possuem conhecimentos anteriores à escola. Dessa forma, esses conhecimentos devem ser levados em consideração no processo de ensino-aprendizagem. Ou seja, o professor não é o único detentor do conhecimento, mas sim, um participante ativo na troca de experiências e conhecimentos com os alunos.

Leia também: Pedagogia da autonomia: Saiba o que é e como desenvolver!

Pedagogia da autonomia no desenvolvimento ao longo das séries

Ser autônomo não é fácil, exige coragem e determinação. Por isso é tão importante que o ambiente escolar incentive esta habilidade. Na escola, as crianças precisam se desenvolver a cada nova série de acordo com os níveis de ensino pré estabelecidos. Em muitos casos os alunos não entendem a importância deste desenvolvimento, pois são ensinados a apenas seguir o cronograma.

Além disso, alguns pais e professores focam bastante em fazer o aluno “passar de ano”, tirar boas notas e se sair bem nas avaliações. Mas será que isso realmente avalia o desenvolvimento dos alunos ao longo das séries? 

Um verdadeiro desenvolvimento escolar deve promover: 

  • Desenvolvimento cognitivo e psicomotor;
  • Inteligência emocional;
  • Autoconfiança e autoestima;
  • Persistência e determinação;
  • Consciência da aplicação prática dos conteúdos.

Saiba como aplicar a pedagogia da autonomia no seu plano de aula!

Ou seja, muito além de aprender e reproduzir conhecimentos, é necessário que o aluno entenda o porque ele está aprendendo determinados conteúdos, como eles vão ajudá-lo posteriormente e qual é a aplicação prática do que está sendo aprendido. Quando o aluno ganha autonomia para aprender desta maneira, o desenvolvimento ao longo das séries se dá de forma efetiva.

Separamos 3 passos que te ajudarão a desenvolver seus alunos ao longo das séries promovendo autonomia!

1- Transforme a visão que seus alunos têm do processo de ensino e aprendizagem

A mudança na forma como seus alunos entendem o processo de aprendizagem é fundamental para que eles possam ter consciência da importância prática dos estudos. Muitas vezes os alunos entendem o ato de estudar como uma obrigação ou só mais uma tarefa a ser cumprida. 

Parte desta visão é incentivada pelo próprio sistema de ensino, por isso, é muito importante que a escola reveja seu sistema e busque formas de tornar o processo de ensino-aprendizagem mais prazeroso, autônomo e prático. A Pedagogia da autonomia ajuda a modificar a forma como os alunos aprendem, afinal, quanto mais autônomos e livres, mais críticos e conscientes eles serão.

Leia também: Educação criativa: Como promovê-la na escola!

2- Ensine os alunos a estudarem de acordo com a pedagogia da autonomia

Cada aluno tem uma forma de aprender diferente e isso influencia bastante o desenvolvimento ao longo das séries. Afinal, na escola as aulas são coletivas e, muitas vezes, o professor não tem o tempo necessário para promover uma educação mais personalizada. 

Por isso, é importante que a escola invista em atividades que ensinem os alunos a estudar de forma autônoma. A longo prazo, esta atitude ajudará bastante no desenvolvimento dos alunos. A autonomia permite geração de autoconhecimento e, dessa forma, o aluno poderá:

  • Identificar seus gostos e preferências;
  • Entender de que forma aprende mais;
  • Criar planos de estudo para casa;
  • Buscar formas de aprender nos momentos de lazer.

Os 4 Ps da Aprendizagem criativa: como colocá-los em prática?

3- Aposte na autoavaliação dos alunos

Pode parecer que não, mas promover a autoavaliação com os alunos pode ser uma ferramenta excelente para o desenvolvimento dos alunos ao longo das séries. Num primeiro momento, eles podem não entender muito bem a funcionalidade desta prática, mas com a orientação correta dos professores, os alunos poderão criar uma maior consciência crítica a respeito do próprio desempenho escolar. 

A ideia é fazer com que os alunos desenvolvam a capacidade de autoavaliação para que eles possam entender pontos a melhorar. Desenvolver essa consciência nos alunos é importante, pois eles terão a chance de perceber a importância de seu próprio desenvolvimento, sem intermédio de outra pessoa. Assim, muito além de cumprir um papel designado por alguém, os alunos poderão desafiar seus próprios limites de acordo com suas próprias críticas construtivas.

Projeto SuperAutor: Autonomia e desenvolvimento para seus alunos

O Projeto SuperAutor é um projeto pedagógico pronto que tem ajudado muitas escolas na promoção da autonomia para os alunos. Neste projeto, os alunos escrevem e ilustram suas próprias histórias, que são transformadas em livros de verdade. O projeto não tem custo para as escolas e conta com um Super Evento de Autógrafos, que pode ser feito online ou presencial, para que os alunos possam autografar seus próprios livros. 

Saiba mais sobre o projeto pedagógico pronto e veja os benefícios de realizá-lo na sua escola!

Viu como a pedagogia da autonomia é importante para o desenvolvimento escolar? Compartilhe este artigo com sua equipe pedagógica!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Quer ficar por dentro do nosso conteúdo?

Preencha os campos ao lado e assine a nossa newsletter



    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.