8 de fevereiro - 2021

Educação Infantil: 5 Dicas para promover o bem-estar do professor

O papel do professor na Educação Infantil é muito importante e demanda muitas responsabilidades. Este primeiro contato do aluno com o mundo letrado e com tudo o que envolve a preparação social do indivíduo é fundamental para seu crescimento ao longo da vida e, por isso, existe uma grande expectativa em torno do professor. Nesta fase, os pais estão muito preocupados com a qualidade do ensino das crianças e, principalmente, com a forma que o professor passa o tempo em sala de aula com eles. 

O professor na Educação Infantil tem muita influência na construção da identidade da criança. Além disso, ele é responsável pelo desenvolvimento cognitivo, físico e social do aluno. Toda esta expectativa pode gerar um estresse para o educador que, muitas vezes, já é sobrecarregado por muitos afazeres diários dentro e fora da escola.

Afinal, a rotina do professor envolve:

  • Planejamento das aulas
  • Correção de atividades
  • Participar de Conselhos Pedagógicos
  • Reuniões de equipe e reuniões com os pais

Ou seja, não é nada fácil ser professor e, quando se trata de Educação infantil, isso se torna ainda mais desafiador por conta da idade dos alunos. Crianças nesta fase educacional demandam mais responsabilidade, atenção e dedicação. 

Educação Infantil e a importância do bem-estar do professor

O bem-estar do professor da Educação Infantil deve ser um ponto de atenção para toda escola. Isso porque o papel do professor é decisivo na construção da sociedade e, quando o professor é negligenciado, tudo o mais fica negligenciado. Habilidades socioemocionais, físicas e intelectuais são parte deste processo e precisam da mediação do professor para serem efetivamente impulsionadas. 

O bem-estar do professor interfere diretamente na qualidade do ensino, no engajamento dos alunos e na experiência da Educação Infantil para eles. O professor é essencial para:

  • Desenvolver o autoconhecimento da criança
  • Criar uma percepção crítica 
  • Promover a construção dos relacionamentos interpessoais
  • Engajar a busca pelo conhecimento

Por isso, é muito importante que a escola e a sociedade valorizem este papel tão essencial, promovendo o bem-estar do professor de diversas maneiras. 

Como promover o bem-estar do professor da Educação Infantil?

Como já falamos, a Educação Infantil demanda mais do professor e, por isso, as expectativas geradas criam um estresse maior na rotina do educador. É importante que a sociedade, de um modo geral, se atente a esta importância e promova formas de tornar este processo mais prazeroso e menos desgastante.

Mas não dá para esperar apenas ações globais para que ocorra uma melhora no bem-estar do professor de Educação Infantil. É necessário que as escolas locais promovam isso da melhor forma possível também. 

Se cada um for responsável pelo bem-estar dos profissionais que atuam em sua instituição de ensino, será possível chegar mais perto de um futuro onde os professores possam contar com um maior bem-estar na jornada de trabalho.

Por isso, separamos 5 dicas para promover o bem-estar do professor na sua escola!

1- Promovendo a valorização salarial na educação infantil

Uma das coisas mais faladas a respeito do bem-estar do professor no Brasil é a importância da valorização salarial. Educar é um ato de amor, mas acima de tudo é um trabalho e precisa ser respeitado como tal. A remuneração do professor deve ser de acordo com as demandas do trabalho que ele desempenha. 

Cabe à instituição de ensino promover de forma coerente o reconhecimento dessas ações desenvolvidas pelo profissional. Dessa forma o professor se sentirá muito mais motivado a continuar promovendo a Educação Infantil de forma eficiente.

2- Oferecendo qualificação e capacitação profissional

A capacitação profissional promove diretamente a melhoria da qualidade do ensino da escola. Além de ser uma boa forma de trazer qualidade, é uma ótima forma de mostrar aos profissionais que a escola se importa com o bem-estar do professor. 

Ainda que sejam ações simples, é importante que a escola preste atenção nas dificuldades dos educadores e pense em formas de ajudá-los. A escola pode promover palestras, minicursos, workshops ou, até mesmo, oferecer materiais de apoio que possam se adequar às necessidades dos professores. 

3- Respeitando o tempo livre dos professores de educação infantil

Respeitar a carga horária do professor é fundamental para o bem-estar dele. É muito comum que os professores levem tarefas para casa e trabalhem mais do que o normal. O tempo livre é essencial para que a criatividade e a inspiração do professor para ensinar se renovem. 

É importante que a escola leve isso em consideração, para que o tempo livre do profissional seja respeitado e, quando isso não for possível, busque formas de remunerar as horas extras de forma justa. 

4- Facilitando a rotina com tecnologia adequada

Existem muitas formas hoje em dia de tornar o trabalho do professor mais produtivo. Algumas tarefas demandam esforços desnecessários, que poderiam ser direcionados para outras áreas mais efetivas. Quando o professor investe tempo em tarefas que poderiam ser de alguma forma automatizadas ou facilitadas por tecnologias, o bem-estar é comprometido. 

Dessa forma, a qualidade do ensino pode ser comprometida também. Por isso, esteja atento às necessidades dos educadores e busque formas de solucionar problemas possíveis de serem solucionados com o uso da tecnologia.

5- Dando suporte emocional ao profissional

Quem não precisa de suporte emocional hoje em dia? O professor não é diferente. É essencial para seu bem-estar um apoio emocional, afinal, lidar com tantas responsabilidades não é uma tarefa fácil. 

A responsabilidade de contribuir para a formação de cidadãos críticos, as altas demandas de tarefas relacionadas às aulas e a cobrança envolvida por parte de pais e coordenadores podem tornar o trabalho educacional muito desafiador.

Além disso, administrar as emoções e saber separar o profissional do pessoal é importante. Por isso, a escola deve oferecer um suporte pensado nesses desafios enfrentados pelos professores e, assim, promover o bem-estar na educação infantil.

Gostou desse artigo? Como você promove o bem-estar do professor na sua escola?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Quer ficar por dentro do nosso conteúdo?

Preencha os campos ao lado e assine a nossa newsletter



    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.