17 de abril - 2020

Como usar projetos pedagógicos para aumentar a retenção de matrícula

Escolas e cursos do mundo todo enfrentam um problema recorrente em relação aos alunos e suas matrículas: a dificuldade em manter seus alunos estudando na mesma escola fielmente. Promover uma maior retenção de matrícula é o sonho de qualquer instituição de ensino privada. Hoje em dia, diante da crise mundial causada pelo novo coronavírus, também conhecido como COVID 19, este problema se tornou ainda maior e recorrente. 

Afinal, muitas escolas e cursos estão fechados por tempo indeterminado e esta situação atípica não parece estar perto de ser solucionada, o que torna a retenção de matrícula ainda mais difícil de ser aplicada. Na China, por exemplo, que foi o primeiro lugar a sofrer com este vírus, começou a relaxar as medidas de isolamento social após 3 meses de surto. Mas em países emergentes como o Brasil, é evidente que o cenário se complica ainda mais. 

Será que as aulas vão voltar em breve?

De acordo com o epidemiologista da Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres, Adam Kucharski, a previsão de retorno à normalidade está longe de ser palpável. Em entrevista para o site Vox, ela disse que Esse vírus vai potencialmente circular por um ano ou dois, então precisamos pensar nessas escalas de tempo. Não temos boas opções aqui”. 

Além disso, mesmo que a vacina seja descoberta, os efeitos desta inovação iriam demorar a ser eficientes ao ponto de abolir o isolamento social de um dia para o outro. Empresas e centros de pesquisa do mundo todo estão nesta corrida para descobrir uma vacina contra o novo coronavírus, mas no melhor dos cenários, uma solução como esta só estaria pronta entre 12 e 18 meses e os tratamentos também demoram para ter sua eficácia comprovada. 

Como promover a retenção de matrícula fidelizando pais e alunos?

Diante deste cenário, não tem outro jeito, precisamos nos reinventar e pensar medidas a longo prazo para não sofrer ainda mais com os prejuízos causados por esta crise e para promover a retenção de matrículas. Irão sofrer menos aqueles que entenderem a realidade mais rápido e buscarem formas de lidar com o que temos no momento, ou seja, medidas como aulas a distância e comunicação virtual com as crianças e com os pais, são extremamente necessárias neste momento. 

Muitas escolas estão subestimando os efeitos deste vírus e contando com um retorno às aulas para, enfim, voltar a dar aulas para os alunos. Neste cenário, os pais tendem a cancelar as matrículas dos filhos por entender que este está sendo um tempo perdido. A chave para a retenção de alunos em meio a tudo isso é entregar valor aos pais e apresentar benefícios nas aulas a distância, tendo projetos que possam realmente agregar positivamente na educação de seus filhos.

Por isso, é importante que os gestores:

  • Tenham atenção às necessidades dos alunos
  • Invistam em um relacionamento com os pais e com as crianças 
  • Criem uma boa estrutura de marketing digital para engajar a distância
  • Busquem diferenciais da concorrência
  • Promovam a literacia familiar

Além disso, manter a comunidade escolar engajada neste período é muito importante. Quando falamos em comunidade escolar, estamos englobando não só alunos, mas também pais, professores e os demais funcionários que fazem parte desta instituição.

Num período de afastamento social, quando não há esta preocupação com o engajamento, os membros da comunidade, assim como os familiares e alunos, podem se distanciar e perder o foco final da educação. Por isso, é importante motivar os educadores para que as aulas a distância sejam eficientes e, principalmente, criar um relacionamento sólido com as famílias dos alunos para que esta troca seja produtiva, ainda que no período a distância.

Quando aluno e pais se sentem parte da escola, eles ficam mais dispostos a tentar resolver os problemas, ao invés de simplesmente trocar a escola por outra, o que promove uma maior retenção de matrícula.

Aposte em projetos pedagógicos para promover uma retenção de alunos

O projeto pedagógico é uma ótima ferramenta para misturar a teoria e a prática e tem como objetivo otimizar o tempo de aprendizado dos alunos, engajando-os e inovando. O projeto pedagógico é importante para toda a comunidade escolar. Ele contribui para estreitar as relações entre escola e família, promover um uso social do aprendizado e aumentar a autonomia da criança.

Para promover a literacia familiar, retenção de matrícula, um engajamento maior e entregar valor aos pais neste período de crise, o projeto SuperAutor criou o SuperAutor Em Casa, uma possibilidade incrível das famílias auxiliarem os filhos no processo de letramento e ainda criar algo fantástico juntos: um livro autoral da criança!

Como o projeto SuperAutor em Casa ajuda os pais e escolas?

  • Oferece uma atividade pedagógica e lúdica, ocupando o tempo das crianças de forma produtiva
  • Mostra às famílias que a escola se preocupa com elas e com o desenvolvimento de uma maior interação entre a família e a criança
  • Permite que os pais acompanhem o progresso de seus filhos de perto
  • Usa o tempo dos alunos de forma produtiva, evitando que eles apenas assistam à televisão, joguem videogame ou usem o celular sem parar quando estão em casa

Gostou deste artigo? Compartilhe com algum gestor preocupado com a retenção de matrícula em meio à crise!

Por: Amanda Guimarães