23 de março - 2020

Como melhorar o desenvolvimento da aprendizagem dos filhos?

O processo de desenvolvimento da aprendizagem do ser humano consiste na junção de experiências biológicas, psicológicas e sociais que norteiam o contexto em que está inserindo, resultando no desenvolvimento cognitivo. Esse processo ocorre em diferentes fases durante a vida, tendo seu início na primeira infância (de zero a cinco anos), em que a criança começa a assimilar respectivas emoções em distintas situações, como forma de se comunicar com as pessoas ao seu redor. 

Sendo assim, o sujeito constrói o seu conhecimento a partir das experiências intrínsecas e das influências externas. A maneira como uma pessoa se envolve com o conhecimento pode ser mudada de acordo com diferentes etapas da sua vida e, principalmente, da forma que ela lida com a interpretação do que lhe é ensinado e o que a instiga a aprender. 

Como funcionam as etapas de desenvolvimento da aprendizagem da criança?

O desenvolvimento cerebral de uma criança acontece nos primeiros cinco anos de vida. Isso porque é na primeira infância que o corpo se desenvolve constantemente, organizando o cérebro e o seu funcionamento ao longo da vida, o que dá embasamento para iniciar o processo educacional escolar e familiar.

A construção do conhecimento da criança passa por 5 etapas até que elas estejam prontas para interpretar as coisas ter uma base de argumentação. São elas:

  • Compreensão: quando a criança é exposta a uma modalidade de aprendizagem e todo tipo de informação oferecida a ela deve ser interpretada e compreendida.
  • Retenção: quando essa informação é gravada na mente da criança e, a partir disso, ela começa a caminhar passo a passo no desenvolvimento mental.
  • Prática: a criança deve exercitar o que lhe é ensinado. Para que isso aconteça, é importante que ela seja motivada para tal.
  • Disseminação: transmitir o conhecimento adquirido para alcançar mais pessoas.
  • Criar: a partir de tudo o que aprendeu até aqui,, criar novos conhecimentos.

Qual é o papel dos adultos neste processo?

O primeiro contato da criança com o mundo é através dos pais e, a partir do momento em que ela é colocada na escola, dá-se o início da construção do conhecimento educacional. Os pais devem ser ativos na educação dos filhos desde o seu nascimento. O primeiro contato com o mundo e os ensinamentos de como se relacionar com as pessoas, vem dos pais. E não é diferente na educação formal.

Quando os pais demonstram interesses em entender as atividades que estão sendo realizadas pelas crianças, conversando sobre o que está sendo ensinado em sala de aula e compartilhando, simultaneamente, os seus conhecimentos sobre o assunto, a criança se sente preparada para dar continuidade aos seus estudos, pois tem a motivação dos pais.

Quando a criança começa a frequentar uma escola regular, esta tarefa é dividida com os educadores e profissionais da educação. Por isso, tanto os pais quanto a escola caminham juntos durante as fases de desenvolvimento da criança. 

Neste sentido, cabe à escola:

  • Trabalhar diariamente a captação do conhecimento por parte dos alunos;
  • Estar atento ao desenvolvimento da criança durante as aulas;
  • Propor atividades que ajudem no desenvolvimento da alfabetização e letramento dos alunos.

A participação dos pais na rotina escolar dos filhos é muito importante a medida em que colabora, além do desenvolvimento educacional,  com a motivação da criança em buscar e aplicar os seus conhecimentos. A partir disso, quando as crianças adquirem essas instruções na rotina escolar, os pais devem dar prosseguimento em casa.

Por isso, é dever dos pais e responsáveis:

  • Acompanhando a realização dos deveres de casa;
  • Trocando aprendizados com os filhos;
  • Participando das atividades propostas pela escola, motivando o filho a estudar ainda mais.

Além de contribuir na execução das atividades pedagógicas propostas pelos professores, você pode contribuir no aprendizado do seu filho praticando tudo o que ele aprendeu através de atividades lúdicas. 

Atualmente, estamos vivendo uma pandemia do coronavírus (COVID-19) no mundo e, para preservar toda a população, algumas medidas preventivas estão sendo tomadas. No ambiente escolar, as aulas presenciais foram suspensas, o que irá interferir no calendário do ano letivo. 

Pensando nisso, separamos 3 atividades lúdicas para que você ajude no desenvolvimento da aprendizagem do seu filho!

1- Montagem de blocos

Os brinquedos de montar são ótimos para ajudar a desenvolver o funcionamento motor dos alunos. Além de ajudar fisicamente, eles agem no cérebro como um verdadeiro quebra-cabeça que estimula o desafio, a resolução de problemas e, consequentemente, a concentração.

Estas atividades pedagógicas trazem benefícios como: 

  • Persistência
  • Análise
  • Criatividade
  • Estratégia
  • Atenção

2- Jogos de sequenciamento

Usar jogos que contam com sequenciamento, sejam eles de números, de tarefas, de palavras etc, é muito eficaz para desenvolver a concentração. Por isso, proponha aos alunos jogos que envolvem cumprir determinada ordem, como: 

  • Soletrar palavras ou frases
  • Enumerar palavras relacionadas umas às outras
  • Separar números impares de números pares

3- Atividades de leitura

A leitura é uma hábito que traz muitas melhorias para os seres humanos. Quando praticamos a leitura, estimulamos diversas áreas do nosso corpo e principalmente, da nossa mente. Ler é uma academia para o cérebro e uma ótima fonte de concentração. A dica é trazer este hábito para a sala de aula incorporando às atividades pedagógicas de uma forma lúdica e criativa. 

Você pode:

  • Criar rodas de leitura
  • Rodízio de livros
  • Debates em grupo sobre as leituras da semana
  • Projetos de leitura

Trabalhar em conjunto é fundamental para garantir que a criança se desenvolva e adquira conhecimento. Quando o professor ensina em sala de aula e o pai coloca em prática em casa, todos ganham, pois o aluno é motivado nos dois locais e a sua produção será motivo de orgulho para ambos.

Neste momento de crise, principalmente, tanto a escola quanto os pais precisam se dedicar para que tudo o que foi ensinado até aqui seja aproveitado e praticado pelo aluno e, consequentemente, ampliará o seu desenvolvimento educacional, preparando-o para as adversidades do mundo.

Gostou deste artigo? Como você tem ajudado no desenvolvimento da aprendizagem do seu filho?