31 de janeiro - 2020

Volta às aulas: 5 passos que irão ajudar na readaptação da criança

O período de férias escolares é muito marcante e importante para o desenvolvimento da criança. São os momentos de descanso que promovem a imaginação, a melhora do aprendizado e o aumento do engajamento da criança com as atividades escolares. Esse período de descanso, além de importante, ajuda a quebrar a rotina, o que mantém a criança interessada. 

Mas um dos desafios encontrados pelos pais e professores causado pelas às férias escolares é a readaptação da criança na volta às aulas. Nas férias, as crianças costumam dormir e acordar mais tarde, assistir televisão até altas horas da noite, comer em horários diferentes, fazer passeios agitados, brincar o dia todo e esquecer da escola por alguns meses. Isso gera:

  • Preguiça
  • Dificuldade de concentração
  • Falta de compromisso
  • Piora dos hábitos alimentares
  • Sono desregulado

Volte à rotina de forma gradual

A palavra certa para essas horas é “paciência”. Se adaptar a volta às aulas não é tão fácil quanto se adaptar às férias. Muitas crianças começam as férias já vindo de um período de estresse emocional e desgaste psicológico por conta da rotina e, isso faz com que o período de descanso se torne um refúgio para elas. Sair desta zona de conforto pode ser assustador, ainda mais por conta dos novos conteúdos e desafios que ela encontrará no próximo período letivo. 

Por isso, tenha calma e seja paciente com a criança para que ela encare a volta às aulas da melhor forma possível, sem traumas ou estresse. Uma boa dica para promover essa transição gradual é começar ajustando o relógio biológico da criança. O sono é muito importante para a rotina e, quando ele está desregulado, não tem jeito, tudo fica mais difícil de ser ajustado. Por isso:

  • Vá para a cama mais cedo a fim de dar o exemplo
  • Reduza o contato da criança com aparelhos eletrônicos após às 19h
  • Leia um livro com ela antes de dormir
  • Acorde a criança num horário próximo ao que ela deverá acordar no período de aulas

Com isso ajustado, você terá uma criança muito mais preparada para a rotina escolar que a espera!

Separamos 5 dicas infalíveis para te ajudar a readaptar sua criança na rotina escolar!

1- Converse com a criança e ouça suas objeções sobre a volta às aulas

Você já deve ter ouvido por aí que o diálogo é a chave para resolver qualquer problema, né? Essa frase carrega uma enorme verdade mesmo. Quando se trata da educação infantil, o diálogo é ainda mais necessário, isso porque a criança é muito curiosa e anseia por respostas o tempo todo. 

Não adianta querer fazer as coisas sem antes explicar exatamente o que vai acontecer, entender suas dúvidas e ouvir suas sugestões. Esse sempre será o caminho mais difícil e trabalhoso. Afinal, é muito mais difícil solucionar algo que a gente não entende direito. Por isso, busque conversar sempre com a criança antes da volta às aulas e tente entender a melhor forma de ajudá-la. 

2- Simule a rotina escolar em casa

Para conseguir voltar à rotina escolar gradualmente, uma boa dica é simular esta rotina durante as férias em casa. Não se trata de encher a criança de exercícios e não deixá-la descansar nas férias, a ideia não é sobrecarregá-la neste período que é separado para o descanso. Mas você pode trabalhar atividades mais lúdicas e divertidas com ela, ter horários para isso e criar uma rotina de férias.

Aproveite o tempo livre para explorar conhecimentos que ela não costuma ter em sala de aula, leve ela para passeios culturais que agregam conhecimento e diversão, faça atividades ao ar livre e ajude ela a trabalhar a mente e não se acostumar com o ócio. Isso ajudará muito a voltar a rotina escolar, porque não será uma quebra tão brusca de hábitos. 

3- Apresente os benefícios da volta às aulas

Ao longo do tempo criou-se um preconceito ligado a volta às aulas e muitos adultos já têm isso enraizado em seu repertório cultural. Quando um conceito já faz parte de uma sociedade, ele é passado de forma implícita para as próximas gerações. Muito desse medo que as crianças têm de voltar às aulas é gerado por esses conceitos já existentes. 

Sabendo disso, podemos ajudar mostrando os benefícios e o lado bom de voltar às aulas. Assim, a criança terá mais facilidade para se adaptar. Você pode fazer isso:

  • Tratando a escola como um ambiente agradável
  • Mostrando os benefícios do estudo para sua vida
  • Relembrando que ele reencontrará os amigos
  • Preparando o material escolar junto com a criança

4- Familiarize a criança com os conteúdos que ela aprenderá

Uma das causas dessa resistência em voltar às aulas é o medo do novo, principalmente quando se trata de conteúdos escolares. A cada ano os desafios de aprendizagem aumentam e os alunos têm a missão de acompanhar esta evolução. Imagine quão estressante isso é para a criança?

Para que este medo não tome conta dela, você pode introduzir os conteúdos que ela vai aprender no próximo período letivo à sua rotina em casa mesmo. Este desafio é ótimo, porque para ensinar, os pais deverão relembrar ou aprender novamente. Isso é uma proposta que beneficia a todos e torna o vínculo familiar muito mais próximo e forte. 

5- Encoraje a criança e esteja sempre pronto a ajudar

A criança precisa se sentir encorajada pelos adultos que a cercam. Isso é essencial para que ela se impulsione a fazer coisas novas e enfrentar desafios diários como voltar às aulas. Faça isso com seu filho:

  • Levando ela até a sala de aula
  • Apresentando o professor à ela 
  • Se colocando à disposição para buscá-la caso ela queira
  • Perguntando como foi o dia de aula
  • Se interessando pela sua rotina escolar

Assim, seu filho se sentirá muito mais preparado para voltar à rotina. E aí, gostou deste artigo? Compartilhe com algum pai ou mãe que esteja enfrentando este desafio também!