13 de novembro - 2019

Projeto Pedagógico: saiba como usar para inovar em sala de aula

O desafio de propor formas de aprendizado efetivas para as próximas gerações aumenta mais e mais a cada dia. Encontrar um Projeto Pedagógico que possa capturar a atenção dos alunos é uma tarefa trabalhosa e, por isso, renovar as antigas técnicas de ensino e inovar em sala de aula é fundamental para que o aprendizado seja proveitoso.

Os projetos pedagógicos são ótimos aliados das escolas e dos educadores neste processo de inovação. Escolas que possuem projetos contam com um maior engajamento e mais interação entre alunos e pais com o processo de ensino. Hoje cada vez mais, as pessoas buscam por novidades e por algo que fuja do convencional. Nesse cenário, os projetos pedagógicos usados da forma correta são verdadeiros instrumentos para tirar a aula da rotina e da estagnação. Isso gera interesse e, consequentemente, melhores resultados na vida de cada aluno.

Pensando nisso, reunimos aqui algumas iniciativas que buscam repensar o papel da escola, assim como os processos de inovação no ensino por meio de projetos pedagógicos. 

O que é preciso ser feito para inovar em sala de aula? 

A observação é a palavra-chave para a inovação, principalmente quando se trata de inovar para atrair a atenção e o engajamento na educação infantil. Por isso, observe as necessidades da sua turma, avalie as condições de ensino e busque atuar com assertividade. Planeje bastante, coloque as ideias no papel e envolva os alunos na sua pesquisa. Ouvir o que os alunos têm a dizer sobre o ensino dado em sala de aula é muito importante, afinal, eles estão do outro lado do jogo e possuem uma visão enquanto alunos no processo de aprendizagem.

Por isso seja democrático e busque trabalhar sempre:

  • Repensando regras e rotinas
  • Repensando a forma de avaliação tradicional
  • Trazendo elementos do dia a dia para a aula
  • Personalizando a grade curricular
  • Usando recursos tecnológicos à seu favor

Quais são as características de um projeto pedagógico inovador? 

Para ser inovador, o projeto precisa ser autêntico. Esta autenticidade não quer dizer que o projeto precisa ser algo inédito, mas quer dizer que ele precisa ser autêntico para a realidade da sua escola. Ele pode ser desde um projeto tecnológico até um projeto de leitura, que é algo bastante tradicional. A questão não é ser ou não uma super novidade, mas sim, ser uma ideia bem trabalhada e apropriada às necessidades observadas pela sua pesquisa. 

Características de um projeto pedagógico de sucesso: 

  • Complementa o conteúdo das aulas
  • Contempla a maioria dos alunos
  • Deve ser inclusivo e atender deficiencias
  • Deve ser adequado à idade dos alunos
  • Precisa ser lúdico
  • Deve envolver a família do aluno
  • Precisa ser interdisciplinar

Projeto Pedagógico Inovador: conheça 4 opções

1- Cinema na Escola

Já pensou em ter alunos cineastas, atores e roteiristas? O cinema é uma ferramenta importante para o desenvolvimento da aprendizagem, proporcionando ao aluno, descobertas, invenção, aprendizado. Estimula as habilidades, a curiosidade, a autoconfiança e a autonomia contribuindo para o desenvolvimento da linguagem a ser incorporada a educação que surge como um elemento que possibilita a aprendizagem, garantindo uma participação na atividade educativa.

Este tipo de projeto pode tornar esta experiência possível. Incentive seus alunos à criarem histórias e transformá-las em filmes amadores. Utilizar o espaço da sala de aula, permitir ao aluno que exercite sua criatividade, ampliando os canais de comunicação no próprio meio, desenvolvendo assim o sentido de equipe com a aprendizagem responsável.

2- Projeto pedagógico de games

Que tal realizar um campeonato de games educativos na sua escola? Existem diversos jogos que podem auxiliar os alunos na aprendizagem dos conteúdos da matriz curricular. Eles vão desde jogos de matemática até jogos de letramento, como força, caça palavras etc. Você pode realizar uma olimpíada de games entre as turmas da sua escola. Assim, você trabalhará a coletividade e o trabalho em equipe, além de promover o interesse por matérias aprendidas em sala de aula. 

3- Projeto pedagógico social

Para o crescimento pessoal e acadêmico dos alunos, nada melhor do que vivenciar na prática as diferentes realidades sociais para aprender sobre cidadania e consciência coletiva. Uma boa forma de promover esta cidadania é criar projetos pedagógicos sociais que contem com a colaboração dos alunos. 

Você pode levar seus alunos para conhecer asilos, orfanatos, ongs e hospitais e convidá-los a se envolver com essas organizações de forma voluntária. Assim, sua turma poderá desenvolver trabalhos sociais e visitas periódicas que agreguem conhecimentos à suas vidas. 

4- Leitura

Uma das melhores maneiras de conseguir engajar os alunos é permitir que eles experimentem e façam as coisas sozinhos. Para incentivar o interesse pela leitura, nada melhor do que transformar seus alunos em autores de suas próprias histórias.

Você pode criar um projeto na sua escola com o intuito de fazer com que cada aluno escreva seu próprio livro ou ir em busca de projetos pedagógicos que auxiliem neste processo. Existem inúmeras formas de colocar isto em prática! O projeto SuperAutor,  por exemplo,  é uma ótima ferramenta para quem quer incentivar a leitura e a escrita dos alunos

Para os estudantes que estão em processo de letramento, ele ajuda no desenvolvimento da alfabetização e incentiva o interesse pela leitura. Para os que já passaram dessa fase, o projeto auxilia no desenvolvimento da criatividade e da escrita e também promove um interesse maior pelo universo dos livros. Além disso, a escola não paga nada pelo projeto e pode utilizá-lo como complemento para as disciplinas. Imagina os alunos escrevendo livros sobre temas relacionados à ciência, história, ou artes… Incrível, não é mesmo?

E o resultado do projeto é visto no Super Evento de Autógrafos, realizado pela escola para que os alunos possam autografar os livros e receber o carinho e o prestígio da família!

E aí, gostou das dicas? Compartilhe este conteúdo com alguém apaixonado pela educação!

Por: Amanda Guimarães