7 de maio - 2020

Escrita criativa: saiba como crianças podem desenvolver em casa

A escrita criativa é um conjunto de técnicas que juntas tornam tanto a escrita quanto a leitura dos textos mais dinâmicas e interessantes. Ou seja, vai muito além de ter ideias brilhantes na hora de elaborar uma história. Estas técnicas resultam numa habilidade que pode ser desenvolvida por qualquer pessoa, afinal, o segredo está no domínio da técnica e no treinamento. 

A escrita criativa foge dos modelos engessados, apostam em muitas figuras de linguagem e analogias e buscam escrever histórias cativantes, pensando sempre na experiência do leitor. Para ter uma escrita criativa, a pessoa deve fugir do óbvio e tentar ao máximo segurar o leitor até o final.

A escrita criativa traz benefícios como: 

  • Melhora da articulação do raciocínio 
  • Proporciona novos olhares sobre o mundo
  • Trabalha a capacidade crítica e analítica
  • Mais foco e atenção

Ter essas habilidades desenvolvidas é muito importante tanto para quem quer gerar engajamento com seus textos quanto para quem deseja aprimorar as técnicas em benefício próprio, afinal, escrever de forma criativa ajuda no desenvolvimento da imaginação e torna nosso cérebro muito mais dinâmico na hora de raciocinar e estabelecer conexões.

Como desenvolver o interesse pela escrita criativa na criança?

O interesse pela escrita é muito importante e precisa ser incentivado. Isso porque além de trazer inúmeros benefícios à criança, desenvolver a habilidade de escrita criativa é um ponto crucial para a vida adulta de qualquer pessoa. Saber interpretar um texto, se expressar bem e usar as palavras de forma criativa é um diferencial incrível na vida pessoal e também na profissional. 

Na escola, é de costume que os educadores foquem muito mais nos benefícios profissionais que a escrita criativa oferece, mas essa tendência pode ser muito prejudicial a criança. Quando focamos muito nisso, perde-se a graça de escrever por prazer e, com isso, a criança acaba sendo desestimulada a continuar se empenhando no desenvolvimento dessa habilidade.

Um dos pontos principais que ajudam no interesse pela escrita criativa é a leitura. Com ela, o aluno começa a entender mais sobre este universo, se interessa pelas histórias e passa a ser parte delas. Os diferentes cenários, personagens e aventuras proporcionam à criança uma infinidade de novas ideias que possibilitam a criação de histórias autorais.

Mas para que isso aconteça da melhor forma, os livros precisam ser apresentados à criança desde a pré-escola, como elementos de diversão e fonte de conhecimento, e não como um fardo a ser carregado ou uma obrigação. Pensando nisso, separamos algumas dicas para que você possa ajudar a criança a se interessar pela escrita!

1- Não descarte nenhuma ideia

Os pais devem ser os maiores incentivadores dos seu filhos. Por isso, demonstre interesse e valorize a criatividade da criança. Muitas vezes a história pode não estar boa aos nossos olhos, mas para a criança foi um ótimo exercício de imaginação. Promova em casa um momento de escrita livre para que seu filho se solte, sem preconceitos e sem padrões para comparar.

2- Fortaleça a autoconfiança

Justamente o fato de existir um padrão a ser comparado é o que inibe muitas crianças na hora de desenvolver uma escrita criativa. Assim, em alguns casos, essa barreira pode significar o sentimento de limitação, o que contraria totalmente o propósito da educação. Quanto mais o adulto incentivar a criança a escrever de forma livre, mais ela terá confiança para mostrar todo o seu potencial e aprimorá-lo com o tempo. 

3- Incentive a criança a se expressar 

Quando a criança entende que a escrita é muito mais do que um conjunto de regras, ela entende que pode se expressar e abrir um leque de possibilidades para sua vida cotidiana por meio dela. Sem uma verdadeira conexão entre a criança e a produção textual, o conteúdo pode se tornar apenas algo a ser cumprido, sem nenhuma emoção ou envolvimento. Por isso, mostre à criança como é importante este mecanismo comunicacional para que ela possa expressar seus sentimentos e mensagens.

Desenvolva a escrita criativa com o projeto SuperAutor Em Casa

A SuperAutor sabe que períodos de suspensão das aulas, como o causado pela pandemia do coronavírus (COVID-19), trazem uma série de dificuldades tanto para as escolas como para os pais e responsáveis. Nesse intervalo, as famílias precisam conciliar o trabalho do dia a dia com o maior tempo junto dos filhos. 

Pode se tornar uma tarefa difícil para elas manter as crianças entretidas, estudando e ainda tendo espaço para que consigam trabalhar de casa. Pensando nesse cenário, a SuperAutor desenvolveu uma novidade exclusiva: o projeto agora pode ser feito de forma remota! Assim, os pais poderão ocupar as crianças com um projeto pedagógico e lúdico.

Como o projeto SuperAutor em Casa ajuda os pais e escolas?

  • Oferece uma atividade pedagógica e lúdica, ocupando o tempo das crianças de forma produtiva
  • Permite que os pais acompanhem o progresso de seus filhos de perto
  • Usa o tempo dos alunos de forma produtiva, evitando que eles apenas assistam à televisão, joguem videogame ou usem o celular sem parar

Como o projeto de incentivo à leitura funciona?

A SuperAutor permite que cada pai ou responsável possa fazer o download das folhas de desenho no site. Assim, eles podem imprimir essas folhas em casa, permitindo aos alunos escrever e ilustrar seus livros como se fosse um dever de casa! 

Portanto, para que o projeto SuperAutor Em Casa aconteça, as escolas precisam:

  • Comunicar aos pais, mostrando que eles podem usar o projeto para ocupar de forma produtiva o tempo das crianças em casa
  • Realizar o cadastro dos alunos na plataforma
  • Enviar ao consultor (via planilha) os dados dos pais para que ele os ajude, cadastrando os dados no portal e auxiliando na divulgação
  • Enviar a pais e responsáveis os conteúdos de apoio da SuperAutor para ajudar no processo de criação dos livros

Depois desses passos, os pais podem iniciar o projeto com as crianças. Os pais e responsáveis irão adorar ver seus filhos se tornando autores dentro de casa! 

E aí, gostou deste conteúdo? Leia mais sobre este tema no nosso Blog!

Por: Amanda Guimarães