3 de maio - 2021

Ensino remoto: Conheça 4 tendências educacionais que vieram para ficar

O ensino remoto trouxe muitos desafios a todos os profissionais da educação. Foram meses de adaptação até que, finalmente, a nova realidade se tornou mais comum. Videoaulas, atividades remotas, alfabetização gamificada… As tendências pedagógicas criadas neste período foram muitas. Cada educador trouxe novas ideias que complementam o ensino remoto, tornando-o mais eficiente dentro de suas possibilidades.

De certa forma, o ensino remoto, apesar dos desafios, trouxe alguns benefícios relevantes para a educação. A proximidade entre pais e alunos, a literacia familiar, o contato maior e a parceria entre toda a comunidade escolar foi um dos maiores pontos desta nova configuração. Todos precisaram se adaptar para tirar o melhor do ensino remoto e promover uma educação de qualidade, minimizando os prejuízos.

Como podemos lidar com os prejuízos à educação?

O ensino remoto trouxe para as escolas, alunos e responsáveis:

  • Maior empatia
  • Compromisso
  • Auto Responsabilidade
  • Contato com novas tecnologias
  • Integração da rotina familiar com a escola

É importante lembrar que o ensino remoto apresenta desafios e benefícios diferentes para cada fase educacional. No caso da educação infantil, o ensino remoto demanda mais atenção e esforço por parte de professores e responsáveis. Alguns fatores podem dificultar a educação infantil neste modelo de ensino, como por exemplo:

  • Falta de concentração da criança
  • Inexperiência com tecnologias
  • Letramento incompleto

Ou seja, a criança necessita de muito mais  acompanhamento e supervisão nas aulas remotas. Assista ao vídeo do canal Leia o mundo e saiba mais sobre o ensino remoto na educação infantil!

O ensino remoto para educação infantil não é o ideal, mas é uma solução emergencial que se estendeu por bastante tempo. Ninguém esperava que a pandemia da Covid 19 durasse. Mas, diante disso, foi necessário encarar a realidade e buscar soluções em conjunto com os pais e alunos. 

É importante que as escolas deem o apoio necessário para que as famílias possam realizar as atividades em casa, disponibilizando:

  • Materiais de apoio
  • Reuniões de suporte online
  • Materiais didáticos adequados
  • Atividades lúdicas e complementares

Ensino remoto: Quais tendências educacionais vieram para ficar? 

As  tendências educacionais se tornaram parte da rotina de educadores, alunos e pais durante este período de ensino remoto. Muitas delas trouxeram ideias que complementam o ensino tradicional de forma muito agregadora e, por isso, vieram para ficar. 

A sala de aula continua sendo um espaço de muita importância para o ensino infantil, mas, o ensino remoto nos mostrou que é possível aprender de diversos lugares. Com as ferramentas certas, o ensino híbrido e remoto pode ser muito inclusivo e possibilitador.

Por isso, separamos 4 tendências que valem a pena serem levadas adiante, mesmo após o retorno das aulas presenciais!

1 – Conhecimento não linear

Esta metodologia é chamada de não-linear por apresentar o conhecimento dividido em blocos. A cada aula, o aluno evolui um pouco mais a respeito daquele conhecimento específico, pois ele começa a ser relacionado a outros conteúdos e, desta forma, potencializado. Desta maneira, o conteúdo fica cada vez mais internalizado e a aprendizagem se torna mais rápida, eficiente e memorável.

Este processo funciona em algumas etapas:

  1. Internalização do conteúdo
  2. Aprendizado
  3. Utilização do que foi aprendido.

2 – Aprendizagem ativa dos alunos

O ensino remoto fez com que o aluno se tornasse ainda mais protagonista de seu processo de ensino-aprendizagem. É claro que o intermédio de um adulto é essencial na educação infantil remota, mas a criança passou a praticar uma aprendizagem ativa durante este processo. Isso traz muitos benefícios ao aluno e, por isso, esta tendência deve continuar no ensino presencial. 

Os benefícios desta tendência são:

  • Desenvolvimento da capacidade de argumentação
  • Análise crítica dos conhecimentos
  • Aumento da capacidade de interpretação 
  • Busca por conhecimentos empíricos

3 – Atendimento individual

Durante o período remoto, as escolas começaram a apostar muito mais no atendimento individual e personalizado para os alunos, afinal, cada um deles viveu essa experiência de uma forma diferente. O processo de ensino-aprendizagem é muito individual e, em tempos remotos, estas individualidades se expandem ainda mais. Cada aluno vive uma realidade em casa e, se adapta de uma forma diferente ao ensino remoto

Por isso, para além do ensino remoto, essa tendência é ótima pois: 

  • Promove relacionamento entre escola e aluno
  • Gera empatia e reciprocidade
  • Mostra o quanto a escola se importa com cada aluno
  • Cria engajamento por parte de toda a comunidade escolar

4 – Gamificação online

A gamificação com certeza foi uma tendência que veio para ficar. O investimento em jogos e aplicativos online que possibilitam a potencialização do aprendizado no ensino remoto foi muito significante. Isso porque os jogos online já estão muito presentes no cotidiano das crianças e, usá-los na educação infantil é uma forma de otimizar o tempo recreativo dos alunos, engajando-os no processo de ensino-aprendizagem.

Leia também: Porque promover o letramento e alfabetização usando gamificação.

E aí, o que você achou destas tendências? Conte aqui nos comentários qual delas você mais gostou! 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Quer ficar por dentro do nosso conteúdo?

Preencha os campos ao lado e assine a nossa newsletter



    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.