5 de fevereiro - 2020

Educação socioemocional: Aprenda a usar em sala de aula

A habilidade de saber lidar com as emoções da melhor forma possível não é uma habilidade que nasce com os indivíduos. Normalmente, é muito difícil ter inteligência emocional para lidar com as diversas situações em que nos deparamos no dia a dia. Essas habilidades não são naturais do ser humano, por isso, é necessário promover uma educação socioemocional. 

Hoje em dia esta área da educação tem ganhado uma grande importância. A educação socioemocional está entre os quatro pilares da educação do século XXI, mas enfim ela começou a ganhar força em 1990 quando os pensadores Vygotsky e Jean Piaget começaram a refletir sobre as emoções do cotidiano. Em suma, a educação socioemocional considera que as habilidades cognitivas são relacionadas ao bem-estar socioemocional. 

A educação socioemocional desenvolve habilidades:

  • Cognitivas
  • Emocionais
  • Sociais
  • Éticas
  • Criatividade
  • Gerenciamento da ansiedade
  • Generosidade
  • Autruísmo
  • Coragem

O professor precisa desenvolver inteligência emocional para ensinar

A escola precisa ter em mente o foco na educação socioemocional, não só para os alunos, mas para sua equipe de professores, coordenadores e colaboradores. Isso faz toda diferença, pois uma escola que tem a inteligência e a educação socioemocional como prioridade, tem como consequência uma melhora significativa no relacionamento com os alunos e toda a comunidade escolar. 

Sendo assim, oferecer a capacitação adequada à equipe docente da escola é fundamental. Quando um professor tem essas habilidades desenvolvidas, ele consegue lidar melhor com os alunos em sala de aula, entender suas emoções e as emoções dos alunos e conseguir administrar tudo isso com maestria e eficiência. 

Você pode capacitar a equipe escolar: 

  • Promovendo cursos de capacitação
  • Oferecendo materiais de apoio sobre o tema
  • Sendo disposto a ouvi-los
  • Atendendo suas demandas
  • Sendo mais flexível diante da dinamicidade da rotina escolar

A qualificação profissional é muito importante para que a escola trabalhe a educação socioemocional de forma eficiente. O professor é um exemplo para os alunos, quando ele domina o que está ensinando, não só por meio de palavras, mas por meio de atitudes que correspondam o que ele está passando verbalmente à turma, os alunos aprendem muito mais. Por isso, a auto reflexão e o preparo são essenciais.

Além disso, tratar os alunos como indivíduos antes de tudo,  é muito importante. Em alguns casos, as turmas são tão numerosas que os alunos passam a ser tratados apenas como números no papel. Quando o professor conhece cada aluno além da sala de aula, ele tem uma maior capacidade de entender e solucionar os problemas do dia a dia na escola. 

Tendo isso em vista, é importante que o professor:

  • Se interesse pelos gostos pessoais dos alunos
  • Pergunte como foi seu dia ou seu final de semana
  • Tente entender suas rotinas
  • Tenha uma canal de comunicação com os pais 

Como a educação socioemocional pode ser aplicada na escola?

A escola tem um papel fundamental na vida de toda criança. Ela é o primeiro ambiente social em que a criança precisa conviver com pessoas diferentes do seu núcleo familiar e, por isso, é na escola que a criança se introduz na sociedade. Então, é necessário que ela tenha a capacidade de se relacionar e lidar com as diferentes situações em que ele irá se deparar na vida. 

Por isso, a escola deve aplicar a educação socioemocional. Isso envolve preparar o aluno emocionalmente, dando suporte especializado e trazendo propostas reflexivas nas atividades do dia a dia. Quanto mais esse assunto for abordado, mais o aluno terá confiança e segurança para se expressar e pedir ajuda. 

O professor precisa trabalhar a empatia, a cooperação, o respeito e a compreensão. Isso pode ser trabalhado de várias maneiras e o professor pode explorar a interdisciplinaridade. Por isso, você pode apostar em: 

  • Jogos lúdicos
  • Debates em grupo 
  • Troca de experiências
  • Incentivo à autoanálise 
  • Formas de expressão artísticas
  • Palestras sobre inteligência emocional

Todas essas técnicas irão te ajudar a criar um ambiente favorável à educação socioemocional e à troca de experiências com seus alunos, o que irá melhorar muito o relacionamento entre eles e entre toda a comunidade escolar!

E aí, gostou desse artigo? Fique ligado no nosso blog e aprenda mais sobre tendências inovadoras de ensino!