19 de março - 2020

Aulas a distância: Conheça boas práticas para produzir uma boa aula

O ato de lecionar e desenvolver as habilidades educacionais dos alunos é um trabalho que requer medidas eficazes para ter um bom resultado. Em alguns casos, é necessário tomar medidas especiais, como por exemplo realizar aulas a distância. No dia a dia da escola, o educador trabalha com atenção e desempenho durante todo o processo de alfabetização e letramento das crianças, usando recursos que possam auxiliar no processo de aprendizagem dos alunos.

Em relação a atual situação que estamos vivendo no mundo, com a pandemia do coronavírus (COVID-19), algumas medidas preventivas estão sendo tomadas para diminuir o contágio entre as pessoas e, uma delas, foi a suspensão das aulas presenciais. Você, professor, e toda a comunidade escolar, junto com os pais, devem estar se perguntando como será feito para reorganizar o calendário do ano letivo e, além disso, como manter o processo de ensino das crianças durante este período, tendo em vista que não é considerado férias escolares.

Existem alguns métodos de ensino e aulas à distância que podem ser aplicados neste tipo de situação como forma de dar continuidade à rotina escolar e ao desenvolvimento educacional das crianças.

Com o auxílio da tecnologia, professor pode:

  • Aplicar a modalidade de ensino a distância;
  • desenvolver videoaulas gravadas e/ou ao vivo;
  • criar conteúdos em áudio, como podcast ou converter a videoaula para o formato de mp3;
  • desenvolver e-books com assuntos pertinentes ao que tem sido aplicado em sala de aula;
  • montar apresentações criativas em PowerPoint, para prender a atenção dos alunos;
  • criar atividades em Word e enviar por e-mail;
  • disponibilizar chats para que os alunos possam tirar suas dúvidas e trocar ideias entre si.

Os professores precisam entender que o uso da tecnologia pode enriquecer ainda mais a dinâmica e praticidade das aulas à distância e, por isso, devem explorar este recurso para um bem comum: aprimorar o desenvolvimento e a aprendizagem dos alunos.

Como usar a tecnologia a favor das aulas a distância?

É fundamental unificar as mudanças tecnológicas com os métodos de ensino consolidados na Educação como forma de apoio para ampliar a didática do educador.

No ensino e aulas a distância, o professor deve criar uma estrutura de aula que condiz com a plataforma usada para lecionar para que, desta forma, possa obter um sucesso no desenvolvimento dos alunos dentro deste novo meio de ensino. Para que isso aconteça, o educador deve estar atento às dicas de construção de aulas onlines, que auxiliam na dinâmica pedagógica por ele aplicado e, consequentemente, embasam o conhecimento do aluno.

Tendo em vista que possui um campo vasto de possibilidades tecnológicas para realizar aulas a distância, o professor pode preparar seu conteúdo didático da seguinte maneira:

  • Monte um roteiro para a gravação da sua aula, definindo um cenário, descrevendo as cenas e falas, além de preparar conteúdos criativos;
  • escolha um local com boa iluminação para manter a qualidade do vídeo, de preferência com luz natural como, por exemplo, gravar perto de janelas ou em varandas;
  • Use microfone, headset ou o próprio gravador de áudio do celular para garantir a qualidade do som no vídeo;
  • defina o posicionamento da sua câmera de forma que esteja segura, para que a imagem não fique borrada;
  • Use aplicativos gratuitos para editar os seus vídeos, colocando legendas, trilhas sonoras, animações etc. Temos, como exemplos, o Vídeo Cutter, Perfect Video, Vivavideo e Filmora Go;
  • Faça a exibição da sua aula de forma interativa, usando aplicativos gratuitos para realizar lives e chats, como, por exemplo, o Zoom, Whereby, Google Hangouts e Skype.

Lembre-se de que é importante seguir uma linha de raciocínio nos vídeos para que os alunos não se percam e consigam compreender tudo o que lhe está sendo ensinado.

Como o professor deve se comportar no processo das aulas a distância?

É importante compreender o papel do educador como mediador no processo de aprendizagem do aluno. Com a prática da aula online, o professor deve garantir que a comunicação será feita, então você deve adequar o modelo de sua aula de acordo com a faixa etária dos seus alunos.

Além disso, o único caminho para que a criança possa tirar suas dúvidas é o chat, por isso, fique atento às mensagens que irão chegar, respondendo-as de forma rápida, para que ajude o aluno a realizar as atividades.

Os pais podem participar deste processo?

A participação dos pais nas atividades escolares é fundamental para que haja uma troca de conhecimento entre eles e os filhos. Além de ensinar a responsabilidade e o compromisso em realizar as tarefas, os pais conseguem acompanhar o desenvolvimento das crianças. Além disso, assistir às aulas onlines podem ser positivas no sentido de que irão acompanhar o nível de conhecimento dos filhos, ajudando na execução das atividades.  

Existem muitos recursos tecnológicos para auxiliar o professor a dar continuidade ao seu trabalho neste período de suspensão das aulas e que, se forem bem aproveitados, podem servir de base para futuras propostas de atividades lúdicas para enriquecer a didática pedagógica aplicada no ambiente escolar e desenvolver as potencialidades dos alunos.

Gostou deste artigo? Você já está aplicando atividades onlines com os seus alunos? Compartilhe conosco suas experiências durante esse período de suspensão das aulas!