4 de novembro - 2020

Saiba como usar a literacia digital para otimizar o processo de ensino

Muito tem se falado sobre literacia hoje em dia, mas você já ouviu falar sobre o termo literacia digital? Vivemos uma era em que o acesso aos conteúdos digitais está cada vez mais comum e, com isso, o processo de ensino/aprendizagem acaba contando bastante com as ferramentas digitais para gerarem um maior resultado com crianças e jovens. 

Mas, ao mesmo tempo que, para eles, é parte da rotina do dia a dia usar dispositivos eletrônicos para quase todas as tarefas que executam, o senso crítico e a capacidade de executar buscas com a finalidade de descobrir conteúdos educacionais nestas redes é um pouco limitado. Isso porque o ensino a respeito de como usar a internet e os mecanismos digitais não é muito levado em consideração na escola.

Os 4 princípios da literacia digital são:

  1. Compreensão
  2. Interdependência
  3. Sociabilidade
  4. Seleção de informação

Como funciona a literacia digital na prática?

É como se fosse algo intuitivo saber pesquisar na internet, mas na realidade não é. Por isso, é necessário que se promova a literacia digital na escola e em casa. Não se trata apenas de ensinar a mexer em aparelhos, usar softwares e planilhas e mexer em redes sociais. Promover a literacia, além de ensinar tudo isso, deve ter o foco principal no ensino crítico a respeito do mundo digital. 

É como o processo de letramento do aluno, que vai muito além do beabá na escola, promovendo a capacidade de interpretação e desenvolvimento social da criança. Uma criança que tem a literacia digital desenvolvida, aprende não só a mexer nos dispositivos eletrônicos e usar a internet, mas a aproveitar isso da melhor forma possível. 

A literacia digital é capaz de otimizar o aprendizado dos alunos e aumentar a capacidade de:  

  • Utilizar as ferramentas dos dispositivos digitais
  • Usar os mecanismos de navegação e busca
  • Avaliar e filtrar conteúdos na rede
  • Encontrar o que se deseja na internet
  • Aplicar o que aprendeu na internet 

Por que devo promover a literacia digital na escola?

Cada vez mais as crianças estão imersas neste mundo digital e é importante usar isso a favor da educação. Os educadores precisam apostar em ferramentas digitais, afinal, estas são as ferramentas condizentes com o momento atual. Não dá para negar o fato de que as pessoas estão lendo muito mais online ou por meio de telas eletrônicas, do que por meio de livros. 

Usar a literacia digital é uma estratégia para que os alunos não percam o interesse na leitura e na busca pelo conhecimento. Além disso, hoje em dia, o acesso a qualquer tipo de informação é muito fácil. Por isso, é essencial que a escola promova debates e intervenções a respeito do mau uso da internet, para que as crianças possam ser protegidas e instruídas da melhor forma.

Isso poderá evitar que o aluno:

  • Faça busca por conteúdos inadequados
  • Caia em fraudes ou golpes
  • Acredite em qualquer informação
  • Saiba diferenciar fake news

Além disso, é importante levar reflexões para a escola sobre o aumento do uso da internet e sobre os malefícios do uso exacerbado dela. Pensar a respeito do comportamento social em torno dos mecanismos digitais é um papel muito importante da literacia digital. Isso porque, só por meio de reflexões e debates que estimulam o senso crítico, os alunos poderão pensar de forma autônoma a respeito disso. 

Saiba como promover a literacia digital usando um projeto pedagógico

Você já ouviu falar sobre o projeto que transforma alunos em autores? O SuperAutor é uma ótima ferramenta para quem quer incentivar a leitura e a escrita nas crianças, usando mecanismos digitais. Com a ajuda do professor, os alunos escrevem seus próprios livros!

As crianças acessam a plataforma digital da SuperAutor, digitam as suas histórias e fazem upload dos desenhos do livro. Os pais e professores escrevem a biografia do autor e contam um pouco sobre o processo de criação do livro, também na plataforma digital. 

Depois, é só esperar o livro que será preparado com muito carinho pela SuperAutor e enviado para a casa do aluno. Para as crianças que estão em processo de letramento, ele ajuda no desenvolvimento da alfabetização e incentiva o interesse pela leitura. Para as que já passaram dessa fase, o projeto auxilia no desenvolvimento da criatividade e da escrita e também promove um interesse maior pelo universo dos livros. 

Na escola, o projeto pode ser utilizá-lo como complemento para as disciplinas escolares. Imagina os alunos escrevendo livros sobre temas relacionados à ciência, história, ou artes… Incrível, não é mesmo? E o resultado do projeto é visto no Super Evento de Autógrafos, realizado pela escola para que os alunos possam autografar os livros e receber o carinho e o prestígio da família!

E aí, gostou da ideia? Se você é professor ou coordenador e quer levar o projeto para sua escola, clique em experimente na sua escola e saiba mais sobre o SuperAutor!