29 de março - 2021

4 dicas essenciais para sua gestão escolar no modelo híbrido de ensino

Para muitas escolas, o período em que estamos vivendo desde 2020 foi super desafiador. São muitas dúvidas, incertezas e medos que afligem as instituições de ensino que se preocupam com a qualidade do ensino. Além disso, a evasão escolar foi um dos maiores obstáculos enfrentados por escolas de ensino infantil em todo o Brasil. Com as aulas remotas e o desemprego presenciado, muitos pais optaram por manter os filhos em casa, sem matrícula ativa na escola. 

Por conta disso, até as equipes pedagógicas e escolares foram impactadas. Muitas escolas precisaram lidar com demissões, recolocações e redução de custos no geral. Ou seja, um verdadeiro pesadelo para a gestão escolar. Quem já tinha uma gestão organizada, pode se preparar um pouco mais para essas situações adversas. Mas para as escolas que não tinham uma boa gestão escolar, o período atual se tornou ainda mais complicado. 

Educação infantil: Saiba o que abrange esta área de ensino!

As escolas passaram a lidar com:

  • Protocolos de biossegurança
  • Redução da equipe 
  • Rodízio de alunos e colaboradores
  • Aulas online e atividades remotas
  • Adequação às medidas restritivas
  • Engajamento à distância
  • Gastos com materiais para segurança dos alunos

Além de tudo isso, as escolas hoje estão se adaptando a um novo modelo de ensino: O modelo de ensino híbrido.

O que é o modelo híbrido de ensino e como ele pode ser aplicado?

O modelo híbrido nada mais é do que o modelo semi presencial. As escolas estão se adaptando a este modelo em diversas áreas da educação. Alinhado à tecnologia, o modelo de ensino híbrido pode ser muito eficaz. O desafio das escolas é trabalhar técnicas e disponibilizar capacitação e recursos aos professores. 

Este modelo de ensino pode ser aplicado de 5 formas diferentes: Sala de aula invertida, Laboratório Rotacional, Rotação por estações, Flex, à la carte e virtual aprimorado. Boa parte da configuração da sala de aula é modificada neste modelo, por isso, é necessário que a escola traga as famílias para perto, para que os pais se tornem os maiores aliados dos educadores neste processo. 

Muito além de uma atividade: Entenda o propósito do Projeto SuperAutor!

Quais são as vantagens do modelo de ensino híbrido?

  • Aumenta a autonomia do aluno
  • Envolve as famílias no processo educacional
  • Promove literacia digital
  • Permite personalização do ensino

Mas para que este modelo de ensino funcione, não basta apenas promover aulas online e atividades extraclasse. A escola precisa de uma gestão participativa, preparada para criar um ambiente acolhedor para os alunos no período semipresencial.

Separamos 4 dicas essenciais para sua gestão escolar ter sucesso no modelo de ensino híbrido!

1- Reestruture o projeto político pedagógico da escola

O PPP da sua escola certamente não contava com restrições sociais. Tudo no projeto político pedagógico de uma escola é voltado para a socialização da criança. Os conteúdos são pensados para atender demandas que vão muito além da formação educacional. Por isso, é necessário rever os pontos do PPP e adaptá-lo para o modelo de ensino híbrido. 

Dessa forma, você precisa considerar os recursos que os alunos terão, as atividades que são possíveis de serem realizadas neste momento e o suporte que os professores têm para oferecer estas atividades. Além disso, contar com o envolvimento dos pais é essencial para seu novo PPP. Por isso, converse com eles para descobrir a rotina de cada criança em casa e, dessa forma, pense em como o projeto político pedagógico da escola poderá se adequar da melhor maneira.

2- Promova uma capacitação sobre modelo híbrido de ensino para a equipe pedagógica

Uma boa gestão escolar deve estar sempre atenta às necessidades dos profissionais da educação. Além da rotina super agitada dos professores, eles precisaram lidar com modelos e técnicas de ensino desafiadoras. Por isso, é papel da gestão escolar oferecer condições para que este trabalho seja realizado. 

Os professores precisam de capacitação para lidar com: 

  • Tecnologias digitais
  • Recursos online 
  • Modelo semipresencial
  • Novas técnicas de ensino
  • Avaliação à distância
  • Relacionamento com o aluno
  • Comunicação com os pais
  • Necessidade de inovar

Ou seja, a escola precisa investir em diversos pontos para que tudo funcione de forma eficiente.

3. Crie um plano para evitar inadimplência 

No período de ensino remoto, como já falamos, houve uma grande evasão escolar. Para evitar este problema e tornar a vida dos pais mais simples, a escola precisa ser ainda mais parceira das famílias neste momento. Isso trará benefícios muito duradouros para a escola, além de ser uma forma de manter os recursos financeiros necessários. 

Uma gestão escolar mais humana e participativa fideliza os pais e alunos, ou seja, é necessário que sua escola ganhe a confiança dos pais. Isso pode ser feito de algumas formas, como:

  • Criando planos promocionais de fidelidade 
  • Aumentando os prazos de vencimento de matrículas
  • Oferecendo acordos para reajustes de mensalidades
  • Criando formas de atender as famílias para além do que é de costume

4- Aposte em projetos pedagógicos adaptados ao modelo híbrido de ensino

Os projetos pedagógicos são ótimas ferramentas para o desenvolvimento infantil, principalmente os projetos que envolvem o incentivo ao letramento. Existem inúmeras formas de colocar isto em prática! O projeto SuperAutor,  por exemplo, é ótimo para quem quer incentivar o desenvolvimento da leitura e da escrita dos alunos. 

Para os estudantes que estão em processo de letramento, ele ajuda no desenvolvimento da alfabetização e incentiva o interesse pela leitura. Para os que já passaram dessa fase, o projeto auxilia no desenvolvimento da criatividade e da escrita e também promove um interesse maior pelo universo dos livros. Além disso, a escola não paga nada pelo projeto e pode utilizá-lo como complemento para as disciplinas. Imagina os alunos escrevendo livros sobre temas relacionados à ciência, história, ou artes… Incrível, não é mesmo?

E o resultado do projeto é visto no Super Evento de Autógrafos, realizado pela escola para que os alunos possam autografar os livros e receber o carinho e o prestígio da família!

Este artigo te ajudou de alguma forma? Comente aqui!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Quer ficar por dentro do nosso conteúdo?

Preencha os campos ao lado e assine a nossa newsletter



    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.