16 de abril - 2020

Saiba o que é Literacia Familiar e como desenvolvê-la

Um termo bastante usado ultimamente por educadores e que tem gerado algumas dúvidas sobre o que se trata exatamente, é o termo “Literacia Familiar”.  Bom, a literacia nada mais é do que o reconhecimento de que os pais são os primeiros professores de seus filhos. Esta ideia não é nenhuma novidade no meio educacional, mas apesar de ser uma tecla bastante batida, implementar a parceria entre pais e professores no processo educacional ainda é um grande desafio. 

A literacia familiar envolve um conjunto de práticas e experiências relacionadas com a linguagem oral, a leitura e a escrita, vivenciadas por intermédio dos pais ou responsáveis. Interagir, conversar, ler em voz alta com os filhos e estimulá-los a desenvolver a escuta, a fala, a leitura e a escrita parece simples, mas para muitos pais isso pode ser bastante complicado.

Isso porque é natural que a maioria deles veja a escola como o único pilar responsável pelo desenvolvimento dessas habilidades nas crianças. Esta visão equivocada é muito enraizada na sociedade e, por isso, educar os pais para que eles se sintam capazes de promover a literacia familiar é tão importante. 

Quais são as práticas de literacia familiar?

  • Interação verbal 
  • Leitura dialogada
  • Narraçao de histórias
  • Contatos com a escrita
  • Atividades diversas
  • Motivação

O que os pais precisam ter em mente é que não precisa ter muito estudo, materiais caros e nem morar em uma casa toda equipada e espaçosa para praticar a Literacia Familiar. É em momentos especiais de afeto, carinho e diversão em família que ela acontece.

Por que praticar a literacia familiar?

A família exerce uma influência enorme sobre o desenvolvimento da linguagem de seus filhos. O ambiente familiar, sobretudo durante a primeira infância, é decisivo para o futuro escolar das crianças. Além disso, crianças criadas em lares onde os pais promovem a Literacia Familiar se tornam melhores leitores e estudantes mais bem-sucedidos.

É muito importante que as famílias e as escolas façam o possível para que as crianças estejam alfabetizadas ao final do primeiro ano do Ensino Fundamental, pois, nos anos seguintes, a leitura se tornará um instrumento essencial para elas continuarem aprendendo outras matérias, como Ciências, História, Geografia e Matemática.

Quanto antes a criança tiver o contato com a linguagem oral e escrita, melhor. A partir dos 6 meses de vida, a criança já pode receber estímulos de materiais escritos, atividades e experiências sensoriais e contato visual e auditivo com livros e histórias. 

Fisicamente, as atividades que promovem a literacia familiar resultam em ganhos motores muito relevantes, aumentando a motricidade fina e grosseira da criança, além da coordenação durante o manuseio de materiais como livros e revistas. 

Além disso, a literacia promove o aumento de:

  • Capacidades cognitivas
  • Linguagem oral
  • Linguagem escrita
  • Motivação para a leitura e escrita
  • Criatividade 
  • Conhecimento lexical e morfossintático
  • Consciência fonológica
  • Compreensão da narrativa

Ou seja, o contato precoce da criança com a literacia promove benefícios e aprendizagens muito importantes que a preparam para o convívio social. Outro benefício importante é que as práticas de Literacia Familiar também aproximam pais e filhos, possibilitando que aprendam e se divirtam juntos. 

Como consequência dessa maior interação em casa, os pais tendem a se envolver mais com a vida escolar de seus filhos: acompanham os deveres de casa, participam das reuniões escolares e entendem melhor as necessidades e dificuldades das crianças. Além disso, em um país como o Brasil, ainda marcado pela condição socioeconômica desfavorável de milhões de famílias, a Literacia Familiar é um instrumento poderoso para romper o ciclo da pobreza.

Pensando nisso, o Ministério da Educação lançou uma série de práticas para auxiliar os pais nesta promoção da literacia familiar. O programa “Conta pra Mim”, faz parte da Política Nacional de Alfabetização e disponibilizou um rico material com dicas e informações sobre a literacia familiar. Leia o material completo aqui!

Projeto SuperAutor em casa

Para promover a literacia familiar, a interação dos pais na educação dos filhos e atividades prazerosas entre alunos e suas famílias, o projeto SuperAutor criou o SuperAutor Em Casa, uma possibilidade incrível das famílias auxiliarem os filhos no processo de letramento e ainda criar algo fantástico juntos: um livro autoral da criança!

Como o projeto SuperAutor em Casa ajuda os pais e escolas?

  • Oferece uma atividade pedagógica e lúdica, ocupando o tempo das crianças de forma produtiva
  • Mostra às famílias que a escola se preocupa com elas e com o desenvolvimento de uma maior interação entre a família e a criança
  • Permite que os pais acompanhem o progresso de seus filhos de perto
  • Usa o tempo dos alunos de forma produtiva, evitando que eles apenas assistam à televisão, joguem videogame ou usem o celular sem parar quando estão em casa

E aí, vamos começar ajudar os pais na promoção da literacia familiar? Compartilhe este artigo com algum educador!

Por: Amanda Guimarães