10 de novembro - 2020

Psicomotricidade: 3 Atividades de artes para a Educação Infantil

As atividades de artes para a Educação Infantil não são atividades meramente recreativas. Diferente do que muitos pensam, o valor educacional que elas podem agregar à rotina escolar de um aluno, principalmente na Educação Infantil, é enorme. Podemos dizer que praticamente tudo o que se ensina na escola envolve ou pode envolver, em alguma instância, a educação artística. 

É muito comum que uma criança inicie sua vida escolar na pré-escola com atividades de artes para a Educação Infantil. A arte é uma das primeiras formas de ensino/aprendizagem desenvolvida por educadores e, até mesmo, pelos pais em casa. A criança cria um contato maior com música, desenhos, pinturas, cores, formas etc e, a partir daí, começa a compreender o mundo ao seu redor. Ou seja, a arte tem um valor muito importante para a Educação Infantil como um todo.

Atividades de artes para a Educação Infantil ajudam a criança a:

  • Desenvolver a criatividade
  • Expandir horizontes
  • Criar possibilidades
  • Melhorar a concentração
  • Aumentar o senso crítico
  • Estimular a sensibilidade 
  • Aumentar a capacidade de expressão

Além disso, estas atividades ajudam a desenvolver na criança capacidades físicas e psicomotoras extremamente importantes para seu crescimento. 

Como funciona o desenvolvimento psicomotor?

Os movimentos corporais fazem parte do desenvolvimento psicomotor dos indivíduos e eles se desenvolvem logo na primeira infância. Quando uma criança recebe os estímulos adequados, este desenvolvimento acontece de forma fluida e mais rápida, gerando muitos benefícios físicos. 

Apesar de não ser diretamente ligado à Educação Infantil, desenvolver essas habilidades ajuda muito no processo educacional. Isso porque algumas atividades como escrever, por exemplo, contam com um certo grau de desenvolvimento psicomotor. Ou seja, o controle sobre o corpo e mente proporciona aprendizados mais complexos.

Para desenvolver a psicomotricidade da criança é necessário estimular atividades psicomotoras que promovam a interação entre movimento muscular e sistema nervoso.

O desenvolvimento psicomotor da criança é necessário para:

  • Trabalhar reflexos
  • Criar interação social
  • Promover locomoção
  • Aumentar a capacidade linguística
  • Gerar equilíbrio
  • Melhorar a consciência de espaço e tempo

Dessa forma, é muito importante que a escola e os pais dos alunos trabalhem atividades que desenvolvam essas habilidades. Quando estas atividades são ligadas às artes, o processo de ensino/aprendizagem se torna ainda mais rico, afinal, a arte pode potencializar o processo psicomotor infantil. Por isso, separamos 3 atividades de artes que aumentam a criatividade e geram benefícios à criança, além de desenvolver a psicomotricidade!

1- Atividades de artes para a Educação Infantil com alimentos não perecíveis

Os alimentos não perecíveis são ótimos para atividades artísticas que auxiliam o desenvolvimento psicomotor. Isso porque a maioria deles ajuda a estimular o tato e a destreza, por serem, na maioria das vezes, alimentos granulados. Você pode explorar colagens, pinturas e, até mesmo, desenhos em pontilhismo com as crianças usando alimentos como:

  • Arroz
  • Feijão
  • Lentilha
  • Ervilha
  • Macarrão

2- Explorando texturas

As texturas são ótimas aliadas da Educação Infantil. Papéis, tecidos, folhas de plantas e materiais diferentes podem se tornar atividades super enriquecedoras para a Educação Infantil. Por isso, explore diferentes texturas na escola com as crianças, principalmente com aquelas de até 3 anos. A dica é criar algum brinquedo com esses materiais, como:

  • Origamis
  • Fantoches
  • Dobraduras
  • Colagens

3- Atividades de artes para a Educação Infantil com Autorretrato

Esta é uma das atividades mais diferente e simples de ser feita. Com ela, os alunos poderão ter uma maior noção e percepção visual do corpo, além de explorar o lado artístico e motor. É só imprimir fotos dos alunos e pedir para que eles contornem seus traços no retrato. Assim, eles conseguirão perceber detalhes neles mesmos enquanto fazem a atividade. 

E aí, gostou das dicas? Vamos introduzir essas atividades na escola?