29 de janeiro - 2020

Projeto pedagógico: 3 dicas para desenvolver na sua escola

O projeto pedagógico é uma ótima ferramenta para ser usadas no ambiente escolar. Ele é uma mistura entre a teoria e a prática e, tem como objetivo otimizar o tempo de aprendizado dos alunos, engajando-os e inovando em sala de aula. Geralmente, ele tem como característica principal a resolução de problemas que são parte do cotidiano escolar, ajudando a solucionar e a refletir sobre as questões que afetam os alunos.

O projeto pedagógico não é uma ação individual, nem algo feito apenas pela direção da escola. Ele deve contar com a participação de todos os componentes do corpo docente, deve ser pensado por todos, deve ouvir as demandas dos alunos e gerar a participação de todos, inclusive os pais dos alunos.

Uma das maiores vantagens de ter um projeto pedagógico é a possibilidade de ressignificar a rotina escolar e a forma de ensinar e aprender. Isso é muito importante, pois sair da rotina é uma estratégia que ajuda muito a melhorar o desempenho dos alunos e até dos professores, como um todo. 

O projeto pedagógico é importante para toda a comunidade escolar. Ele contribui para: 

  • Uma maior interação entre profissionais da educação
  • Um contato mais íntimo com cada aluno
  • Estreitar as relações entre escola e família
  • Promover um uso social do aprendizado
  • Aumentar a autonomia da criança
  • Gerar autoestima e protagonismo
  • Criar um ambiente acolhedor

Todos esses benefícios agregam valor à escola e proporcionam experiências únicas aos alunos. Essas experiências são muito importantes, pois elas marcam a memória dos alunos e geram identificação deles com a escola. Consequentemente, a escola ganha uma boa reputação no ambiente familiar da criança e isso gera um marketing espontâneo que ajudará muito na manutenção e captação de novos alunos. 

Tudo isso acontece quando o projeto é eficiente em todos os aspectos. Ele precisa ajudar no aprendizado dos conteúdos escolares, ser interdisciplinar, atender as demandas dos alunos, ser pensado a partir do diálogo entre aluno e professor, respeitar o tempo de cada aluno e ser um instrumento de integração de todos os pilares que compõem o processo educacional: escola, pais e alunos.

Como fazer um projeto pedagógico?

Primeiramente, como já vimos antes, o projeto precisa ser elaborado pela direção, professores, funcionários, alunos e pais em conjunto. Não precisa ser necessariamente pensado numa reunião que contenha a presença de todos esses agentes, mas precisa ser pensado de forma que atenda as demandas de cada um deles. 

Após ter em mente as demandas que este projeto precisará atender, você precisa ter um tema e um objetivo para este tema. Isso te ajudará a ter o foco necessário para fazer o projeto ser um sucesso entre os alunos e toda a comunidade escolar. 

Com esses primeiros passos consolidados, é hora de pensar:

  • Quais serão os objetivos que você quer alcançar por meio do projeto pedagógico
  • Quais serão as atividades que você realizará durante o projeto
  • Que estratégias você irá usar para aplicar estas atividades
  • Qual será a forma de acompanhar os resultados e repercussão do projeto
  • De que forma você irá avaliar os alunos durante este projeto

Tendo esses pontos em mente, será muito mais simples e claro organizar o seu projeto pedagógico e fazer ele dar certo. E para te ajudar ainda mais, separamos 3 dicas  para ter um projeto pedagógico super legal!

1-  Dinamizar ao máximo as atividades

Tornar as atividades mais dinâmicas é um desafio para todo educador. Essa não é uma tarefa simples, porém é uma tarefa extremamente necessária. Os alunos têm uma atenção muito limitada e precisam de estímulos que ajudem na concentração em sala de aula. Por isso, aposte em elementos que ajudem a tornar a aula mais instigante para os alunos, como:

  • Dinâmicas
  • Brincadeiras
  • Figurações 

2- Não deixar que as atividades se acumulem

Como já vimos, a atenção da criança é muito difícil de obter. Por este motivo, colocar várias atividades ao mesmo tempo para que uma criança realize num mesmo projeto pedagógico só gera uma sobrecarga desnecessária. Essa sobrecarga causa desinteresse e desestimula a criança em relação às atividades. 
Assim, não deixar que as atividades se acumulem é muito importante para que os alunos curtam todo o processo de realização do projeto e o aproveitem da melhor forma possível. 

3- Se colocar sempre a disposição dos alunos

O projeto pedagógico precisa ser pensado em primeiro lugar para os alunos e, isso envolve além de tudo, ouvi-los e entender quais são as suas questões. Ouvir o que eles têm a dizer é muito importante para realizar um bom projeto pedagógico, afinal, eles são os maiores interessados e afetados por ele. 

Por isso, converse com seus alunos abertamente e descubra:

  • Suas dúvidas sobre o projeto
  • Onde estão tendo dificuldade
  • Se estão gostando do projeto
  • No que acham que pode melhorar
  • De que forma o projeto os ajudou

Projeto Pedagógico SuperAutor

Você já ouviu falar sobre o projeto SuperAutor? Ele é uma ótima ferramenta para quem quer incentivar a leitura e a escrita dos alunos

Para os estudantes que estão em processo de letramento, ele ajuda no desenvolvimento da alfabetização e incentiva o interesse pela leitura. Para os que já passaram dessa fase, o projeto auxilia no desenvolvimento da criatividade e da escrita e também promove um interesse maior pelo universo dos livros. 

Além disso, a escola não paga nada pelo projeto e pode utilizá-lo como complemento para as disciplinas. Imagina os alunos escrevendo livros sobre temas relacionados à ciência, história, ou artes… Incrível, não é mesmo?

E o resultado do projeto é visto no Super Evento de Autógrafos, realizado pela escola para que os alunos possam autografar os livros e receber o carinho e o prestígio da família!

E aí, gostou das dicas? Compartilhe este conteúdo com alguém apaixonado pela educação!

Por: Amanda Guimarães