10 de dezembro - 2019

Alunos com dificuldade de concentração: como lidar com este desafio?

A concentração é uma capacidade do cérebro humano que desperta muitas curiosidades. Ela demanda um alto funcionamento cerebral e é influenciada por diversos fatores externos. O grande fluxo de informações que recebemos todos os dias por meios visuais, auditivos e textuais fazem toda a diferença e apresentam uma dificuldade de concentração. Tudo isso faz com que a concentração se torne um bem imaterial bastante estimado.

O cérebro humano pode se concentrar de 4 formas diferentes por meio da:

  1. Atenção seletiva
  2. Sustentada
  3. Alternada
  4. Dividida

O que causa a dificuldade de concentração?

Os motivos que levam um aluno a ter dificuldade de concentração são muitos. Eles podem variar desde uma doença até uma falta de engajamento do aluno. Mas é muito importante entender quais são as possíveis causas da dificuldade de concentração para conseguir lidar com estes problemas de forma eficiente. De qualquer forma, identificar e entender quando o aluno está apresentando essas dificuldades é fundamental. 

A dificuldade de concentração pode ser causada por:

  • Ausencia familiar
  • Aulas pouco estimulantes
  • Transtornos de aprendizagem
  • Transtorno do déficit de atenção

Essas causas são muito comuns, mas ao mesmo tempo são difíceis de diagnosticar. É de extrema importância que ao menor sinal que a criança der, os pais façam o encaminhamento do aluno para um profissional especializado, que possa ajudar a solucionar estes problemas. Mas como é na escola que as crianças passam a maior parte do tempo, os professores precisam estar bastante atentos e informados para perceber quando a criança está demonstrando uma dificuldade de concentração. 

Por isso, fique ligado nos sintomas: 

  • Queda do rendimento escolar
  • Aumento das conversas paralelas em aula
  • Esquecimentos frequentes
  • Falta de iniciativa nas aulas
  • Cansaço constante e desestímulo

Como estimular a concentração dos alunos

O estímulo à concentração deve acontecer desde o maternal. É muito comum escolas trabalharem estes aspectos nos alunos, principalmente nesta primeira fase escolar onde a criança ainda está sendo introduzida no mundo escolar. É claro que o acompanhamento profissional é muito eficaz no estímulo à concentração, mas ainda assim existem formas muito eficazes de ajudar alunos com dificuldade de concentração em sala de aula. 

Primeiro, você precisa:

  • Observar os seus alunos individualmente
  • Reorganizar e repensar sua rotina
  • Entender o que tem tirado o foco dos alunos

Depois de fazer estes 3 passos, você pode começar a pensar atividades e ações que atendam as necessidades individuais e coletivas dos alunos, organizar sua rotina de forma que atenda estas necessidades e englobe as novas atividades e retirar tudo o que tem tirado a atenção dos seus alunos da sala de aula. 

Separamos algumas dicas que vão te ajudar a diminuir a dificuldade de concentração dos seus alunos! 

Promova uma ginástica cerebral com os seus alunos

Criar atividades que estimulem a criatividade e exercitem o cérebro de formas diferentes é essencial para diminuir a dificuldade de concentração dos alunos. A rotina do dia a dia acaba esgotando a mente de qualquer pessoa, principalmente a mente das crianças. Isso porque as crianças têm uma necessidade maior de ter contato com novidade para se manterem interessadas. 

Você pode exercitar o cérebro:

  • Criando brincadeiras de faz de conta
  • Incentivando produções musicais e contato com a musicalidade
  • Promovendo oficinas de textos e histórias
  • Incentivando o debate em grupo na aula
  • Estimulando o lado artístico das crianças por meio do teatro

Use a gamificação à seu favor

As crianças hoje em dia começam a ter os primeiros contatos com os jogos online desde bebês. Para muita gente isso representa algo ruim ou prejudicial, mas fato é: Não dá pra competir com esses mecanismos eletrônicos em pleno século XXI. A dica é juntar-se com eles para conseguir atrair a concentração dos alunos em sala de aula. 

Existem muitos jogos online que trabalham conteúdos educacionais de forma eficiente, como:

  • Jogos matemáticos
  • Sobre meio ambiente
  • Literários
  • Científicos

Comece um projeto pedagógico 

Os projetos pedagógicos são ótimos aliados para aumentar o engajamento dos alunos em sala de aula e, consequentemente, diminuir a dificuldade de concentração. O projeto pedagógico SuperAutor,  por exemplo, incentiva a leitura e a escrita e ainda promove uma maior concentração dos alunos em sala de aula. 

Para os que estão em processo de letramento, ele ajuda no desenvolvimento da alfabetização e incentiva o interesse pela leitura. Para os que já passaram dessa fase, o projeto auxilia no desenvolvimento da criatividade e da escrita e também promove um interesse maior pelo universo dos livros. Assim, os alunos terão a concentração necessária e os estímulos certos para aprender muito mais na escola. 

Gostou das dicas? Conta pra gente como você têm incentivado a concentração dos seus alunos!

Por: Amanda Guimarães