15 de outubro - 2020

Alfabetização e Letramento: Conheça os principais métodos e saiba como aplicá-los!

O processo de alfabetização e letramento demanda muitos esforços, tanto da criança que está sendo alfabetizada, quanto para os adultos ao seu redor. É necessária uma força tarefa integrada entre escola e família para que o letramento ocorra de forma eficaz. Afinal, esses são os ambientes mais frequentados pelas crianças nesta fase e estes adultos são suas referências. 

Mas o processo de alfabetização e letramento não é apenas gravar letras e juntar sílabas. Vai muito além disso e abrange uma série de capacidades e habilidades sociais relacionadas à escrita e leitura. É preciso que a criança saiba interpretar significados e entender variados contextos através de experiências promovidas durante o processo de alfabetização e letramento. Nesta fase é muito comum que os pais e educadores pesquisem bastante sobre métodos e técnicas para introduzir a criança no mundo letrado, além de promover a alfabetização e o letramento. 

Alfabetização e letramento: Como desenvolver de forma lúdica!

Existem 2 conjuntos de métodos de alfabetização e letramento: 

  1. Os métodos sintéticos 
  2. Métodos analíticos

Conheça os Métodos sintéticos e os métodos analíticos

Os métodos sintéticos são aqueles que tem um foco maior em analisar o sistema de linguístico a partir da escrita. Eles partem da letra, passam pela sílaba e, por último, exploram a sonoridade das palavras. Já os métodos analíticos acreditam que a criança percebe primeiro o contexto, para depois buscar entender palavras, sílabas e sons. Ou seja, nestes métodos, a criança deve compreender os significados no contexto em que está inserida. 

No método sintético, podemos encontrar:

  • Método Alfabético: este é o método mais comum, onde a criança aprende primeiro os nomes das letras do alfabeto para, em um segundo momento, fazer as combinações silábicas e montar as palavras. 
  • Silábico: neste método a criança aprende as famílias de sílabas antes de compreender as palavras. 
  • Fônico: no método fônico, a criança aprende associando sons e palavras. São ensinadas as vogais, depois as consoantes e, então, sílabas e palavras.

Já nos métodos analíticos, pode-se explorar:

  • Palavração: este método é muito simples, pois ele explora palavras comuns e busca fazer com que a criança reconheça o som dessas palavras. 
  • Sentenciação: a sentenciação, como o nome já diz, parte de um aprendizado que se inicia por frases inteiras, explorando a memorização.
  • Global: este método apresenta primeiro estruturas de textos com começo, meio e fim. Ele também é conhecido como método de historietas ou contos.

Qual a maneira mais fácil e rápida para promover a alfabetização e o letramento?

Muitas pessoas buscam fórmulas prontas para criar um processo de alfabetização e letramento, mas, na verdade, uma das coisas que mais apresentam resultados positivos ao desenvolvimento linguístico infantil é a literacia familiar. 

A literacia promove um contato mais profundo da criança com o mundo letrado, criando um ambiente propício ao aprendizado, de forma natural. Por isso, é muito importante que os pais estejam empenhados nesta missão em parceria com a escola. 

Os pais podem tornar o processo de alfabetização e letramento mais fácil e rápido, promovendo: 

  • Interação verbal 
  • Leitura dialogada
  • Narração de histórias
  • Contatos com a escrita
  • Atividades diversas
  • Motivação

Além disso, existe a filosofia construtivista do processo de ensino-aprendizagem na alfabetização e letramento. Os principais pilares desta filosofia são a valorização dos conhecimentos prévios dos alunos, consideração do universo sociocultural da criança e ter o professor como mediador, não apenas como um emissor de informação. 

Esta linha construtivista segue princípios parecidos com os dos métodos analíticos. Isso porque ele faz com que o aluno pense sobre a escrita e não apenas decore sistemas linguísticos. 

Atividades de alfabetização e letramento que você precisa conhecer!

Saiba como aplicar os métodos usando um projeto de letramento

Você já ouviu falar sobre o projeto que transforma alunos em autores? O SuperAutor é uma ótima ferramenta para quem quer incentivar a leitura e a escrita nas crianças. Para as crianças que estão em processo de letramento, ele ajuda no desenvolvimento da alfabetização e incentiva o interesse pela leitura. Para as que já passaram dessa fase, o projeto auxilia no desenvolvimento da criatividade e da escrita e, também, promove um interesse maior pelo universo dos livros. 

Na escola, o projeto pode ser utilizado como complemento para as disciplinas escolares. Imagina os alunos escrevendo livros sobre temas relacionados à ciência, história, ou artes… Incrível, não é mesmo? E o resultado do projeto é visto no Super Evento de Autógrafos, realizado pela escola para que os alunos possam autografar os livros e receber o carinho e o prestígio da família!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Quer ficar por dentro do nosso conteúdo?

Preencha os campos ao lado e assine a nossa newsletter



    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.