Whatsapp (21) 99722-3393 | Telefone de contato (21) 2042-0483
9 de fevereiro - 2022

Tendências educacionais de 2022: Saiba como inovar em sala de aula!

Em 2022 boa parte da rotina acadêmica no Brasil tem chances de ser recuperada. Escolas reabrindo de forma integral, ensino remoto sendo deixado de lado, professores e alunos em fase de readaptação ao presencial. Foram ao todo, mais de 2 anos de um modelo de ensino, no que diz respeito à educação infantil, jamais presenciado. 

As novas técnicas e abordagens que se fizeram presentes e necessárias para lidar com esse novo modelo trouxeram aprendizados e experiências únicas ao processo de ensino e aprendizagem. Muitas delas se tornaram tão relevantes, que hoje são vistas como tendências educacionais a serem seguidas e mantidas. 

Quais são essas tendências educacionais de 2022 e como usá-las no retorno ao ensino presencial? Continue lendo este artigo e saiba mais!

Cenário atual: Desafios da educação infantil em 2022!

Você sabia que o número de crianças que não aprenderam a ler e escrever chega a 2,4 milhões e aumenta mais de 65% na pandemia? Um levantamento divulgado nesta terça-feira, dia 8 de fevereiro, pela ONG Todos pela Educação aponta que 40,8% das crianças brasileiras entre 6 e 7 anos não sabiam ler ou escrever em 2021. 

É como se, em uma sala de aula com 25 crianças, 10 delas não houvessem sido alfabetizadas. Para chegar a essa conclusão, a ONG analisou dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), do IBGE. 

Esses dados são correspondentes à pesquisas sobre o desenvolvimento do letramento, mas sabemos que muitas outras áreas do ensino também foram afetadas, como:

  • Letramento matemático
  • Sociabilidade
  • Autonomia
  • Pensamento crítico
  • Contato com artes
  • Educação física

Tudo isso nos coloca, enquanto pessoas que se importam com a qualidade da educação brasileira, no dever de buscar quais são as tendências educacionais de 2022 e abordagens pedagógicas que mais podem auxiliar no desenvolvimento de uma educação mais completa. 

Separamos 5 tendências educacionais que farão parte da rotina dos professores em 2022!

1- Letramento digital como uma das tendências educacionais de 2022

Se o digital já fazia parte da vida das pessoas antes da pandemia, agora então ele se tornou essencial para a manutenção de praticamente todas as nossas atividades e relacionamentos interpessoais. Por isso, é muito importante que a escola, além de apostar em mecanismos digitais para ensinar, aposte também em letramento digital.

O letramento digital trabalha em 4 frentes, que abordam a importância da compreensão dos conteúdos digitais, interdependência, sociabilidade e seleção de informação. Ou seja, uma criança que tem a literacia digital desenvolvida, aprende não só a mexer nos dispositivos eletrônicos e usar a internet, mas a aproveitar isso de forma crítica. 

Saiba como colocar isso em prática!

2- Uso de suportes audiovisuais em sala de aula

O audiovisual, assim como as tecnologias digitais, também está muito presente na vida das pessoas ultimamente. Durante os últimos anos, os alunos se habituaram a desenvolver um processo de aprendizagem a partir de videoaulas. Ou seja, toda a estrutura do aprendizado foi modificada para que eles se adaptassem a esta nova forma de aprender. Então, apostar em suportes audiovisuais no ensino presencial é uma ótima maneira de aproveitar o contexto social dos alunos para promover um rendimento escolar maior. 

Você pode:

  • Criar seus próprios vídeos para os alunos estudarem em casa como forma de auxílio;
  • Indicar canais de estudos online no YouTube;
  • Utilizar literatura em vídeos de histórias contadas;
  • Usar filmes, séries e produções artísticas para tratar de alguns temas do plano de aula.

Existe uma infinidade de possibilidades e tendências educacionais de 2022 para serem trabalhadas dessa forma.

3- Investimento em reforço escolar 

Para alguns alunos, é importante ter uma ajuda extra na hora de assimilar e realmente entender os conteúdos ensinados em sala de aula. Muitos deles não contam com essa ajuda em casa, por diversas razões. 

Mas é importante que a escola ofereça este tipo de apoio e estímulo durante o ano escolar, antes que isso se torne necessário emergencialmente. A escola pode investir em reforço online, ou até mesmo, no contraturno. 

4- Ensino personalizado

O processo de ensino e aprendizagem precisa ser cada vez mais personalizado. Os alunos não aprendem sempre da mesma forma, por isso, criar um plano de aula com opções diversas de técnicas para trabalhar com os alunos é essencial em 2022. 

Isso mostra que a escola:

  • Se importa com o aluno;
  • Está flexível;
  • Inova em técnicas e abordagens;
  • Tem um repertório amplo de conhecimentos para trabalhar.

5- Pedagogia de projetos

A Pedagogia de Projetos é uma organiza o currículo escolar para que os alunos sejam instigados e estimulados a ter experiências empíricas com os conhecimentos adquiridos em sala de aula. O SuperAutor, por exemplo, é um projeto que auxilia o letramento infantil enquanto proporciona à criança a experiência de escrever seu primeiro livro autoral.

Com o SuperAutor, as escolas poderão:

  • Avaliar o nível educacional de cada aluno de perto, sem gerar uma pressão;
  • Estimular a confiança dos alunos que está bastante abalada devido este distanciamento social vivido nos últimos tempos;
  • Entender de que forma os alunos estão vendo o mundo no momento atual, a partir das suas histórias escritas.

Assim, a escola poderá trabalhar aspectos pedagógicos, emocionais e sociais dos alunos, em busca de melhorias no ensino. Saiba mais!

E aí, qual dessas tendências você vai aplicar na sua escola em 2022? Comente aqui!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Quer ficar por dentro do nosso conteúdo?

Preencha os campos ao lado e assine a nossa newsletter



    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.